Embaixada de Portugal no Luxemburgo

Ministério dos Negócios Estrangeiros

Mensagem do Embaixador

 

001 portugal web 800 thumb© Cour grand-ducale / tous droits réservés

Caras e Caros Compatriotas,

Apresentei hoje a Sua Alteza Real o Grão Duque do Luxemburgo as cartas credenciais que me foram entregues por sua Excelência o Senhor Presidente da República Portuguesa, estando assim acreditado como Embaixador de Portugal neste país.

Vim de Lisboa com uma missão clara para cumprir. Acredito que, com o apoio positivo da sociedade civil portuguesa, luso-descendente e luxemburguesa, assim como com a abertura e boa vontade da Administração do Grão Ducado, espero poder elevar a outro patamar a relação bilateral, que já é excelente e forte, mas que pode ser aprofundada e diversificada.

As preocupações da Comunidade Portuguesa, a sua boa integração com preservação da sua identidade e autonomia, de que o ensino do português assume especial relevância, quer o pré-escolar, básico e secundário, quer o universitário, estarão sempre presentes na minha agenda.

A promoção da cultura portuguesa será reforçada para continuarmos a mostrar a este país o melhor que temos e somos, ao mesmo tempo que ajudamos a internacionalizar agentes culturais nacionais.

O desenvolvimento das relações económicas deverá ter dois sentidos e deverá ser expandido e variado, enveredando por novos e modernos domínios de cooperação, não esquecendo a aplicação do que já foi anteriormente acordado.

A procura de posições comuns em torno das questões europeias, num momento em que a União enfrenta desafios sérios, deve beneficiar da cultura dos espaços geopolíticos que ambos os países integram, ajudando a fazer pontes entre o Norte e o Sul com vista ao encontro de soluções apropriadas a cada um dos problemas e onde os cidadãos europeus se possam rever.

A presença do Luxemburgo em espaços de valores e interesses comuns, como o seu estatuto de observador da Comunidade de Países de Língua Portuguesa, ou o facto de ser membro do Centro Norte-Sul do Conselho da Europa, evidenciam a vontade política dos dois países em contribuir para a resolução de desafios nas fronteiras meridionais da Europa, no Mediterrâneo, em África, na América Latina e até na Ásia.

Na base de todas estas acções está naturalmente o excelente contacto a vários níveis políticos entre representantes dos dois países, que queremos prosseguir de forma regular, assim como uma forte participação da sociedade civil portuguesa, luso-descendente e luxemburguesa, que de uma forma positiva e esclarecida nos assiste, de várias formas, na promoção dos nossos interesses comuns, nomeadamente através de parcerias que aqui saúdo e agradeço, esperando continuar a promove-las, sem qualquer tipo de discriminação, com um único objectivo em mente: aprofundar e diversificar o relacionamento entre a República Portuguesa e o Grão Ducado do Luxemburgo e valorizar a contribuição e papel da comunidade portuguesa.

Bem hajam!  

António Gamito

Embaixador de Portugal no Luxemburgo

Luxemburgo, 21 de novembro de 2018