A Embaixada de Portugal e o Centro Cultural Português aproveitaram a presença da pintora Sofia Areal para, no âmbito da promoção da língua portuguesa e da cultura da CPLP, apresentar em duas sessões distintas:

a) No dia 6 de Maio, um documentário realizado por Jorge Silva Melo sobre a vida da artista, intitulado “Sofia Areal – Um Gabinete Anti-Dor”, através do qual viajámos no tempo e no espaço da obra da pintora, pelos seus monólogos e diálogos em língua portuguesa, cores garridas ou mais suaves, alegrias mais exuberantes ou tristezas mais depressivas, a natureza na forma de uma flor, afinal emoções e sentimentos comuns ao universalismo e humanismo da lusofonia, que os seus trabalhos tão bem espelham;

b) No dia 7 de maio, a artista fez uma visita guiada da sua exposição “Printemps Luxembourg” no âmbito de um “Midi de l´Art” dos Amigos dos Museus deste país, reiterando a lusofonia que caracteriza o seu tempo e o seu trabalho.

sofia areal

img 0363

 

 

  • Partilhe