Festival foi inaugurado com o filme “Gelo” no passado dia 8 na presença de cerca de 100 espectadores e dos seus produtores/realizadores, Luis e Gonçalo Galvão Teles. Seguiram-se a exibição de um filme e de um documentário no Centro Cultural, “Refrigerantes e Canções de Amor” e “Cruzeiro Seixas: As cartas do rei Artur”, nos dias 9 e 10 , respetivamente.  A partir de hoje, dia 11, e até dia 16, na Cinémathèque, serão projectados  “Correspondências”, “Pedro e Inês”, “São Jorge”, “Tabu”, “Faz-me companhia” e “ o tão aguardado “Snu”, no último dia do festival, dia 16.

festival cinema 1

 

  • Partilhe